Planejando seu backup (parte 3)

Fala, galera! Dando continuidade, chegou a hora de conhecer alguns tipos de backup. É de fundamental importância saber como utilizar cada um deles. Neste post, citarei as três principais formas de armazenar e recuperar seus dados com segurança.

 

BACKUP COMPLETO

Faz a cópia de todos os arquivos para uma mídia. Como o arquivo não é verificado se foi alterado desde do último backup, ele faz uma cópia idêntica havendo ou não alterações. É o tipo mais demorado, mas sua busca é rápida e eficaz, pois os dados estão no mesmo local.

 

BACKUP INCREMENTAL

Nesse tipo é verificado se o horário de alteração de um arquivo é mais recente ao seu último backup. Se o arquivo não tiver mudanças ele é ignorado e a cópia não é realizada. É o mais usado junto com o backup completo. Uma boa utilização desse tipo é criar políticas de backup completo para o final de semana e backups incrementais para a semana.

 

BACKUP DIFERENCIAL

Como o próprio nome diz, ele guarda apenas a diferença. É similar ao incremental, no entanto, backups diferenciais são acumulativos, ou seja, uma vez que um arquivo foi modificado, este continua a ser incluso em todos os backups. Assim é possível fazer a recuperação utilizando o último backup completo e diferencial.

 

Amanhã falarei sobre os principais softwares no mercado! Até mais! 🙂

Sobre o Autor

Analista de infraestrutura em tecnologias Microsoft na Unimed Catanduva. Sou MCP (Microsoft Certified Professional). Formado em tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas no Instituto Federal de São Paulo. Amplo conhecimento em tecnologias de virtualização — Hyper-V e VMware — e sistemas de gerenciamento de backup. Apaixonado por heavy metal, principalmente Iron Maiden! \o/